Posted by webmaster Artigo, Notícias

Quilometragem média do pneu: tem como prever a duração?

A vida útil de um pneu pode variar em diversos fatores. Sua durabilidade depende desde a manutenção periódica do carro, até o chão que o carro mais anda, por exemplo. Outro fator que também tem grande influência sobre isso são os cuidados específicos com os pneus. E, no fundo, a verdade é que não existe uma fórmula exata para saber sobre a relação da quilometragem média do pneu com seu tempo de vida útil.

Dicas para prever a quilometragem média do pneu

1 – Faça o cálculo de acordo com o treadwear

O nome difícil trata-se do número que vai na lateral do pneu. Ele serve justamente para indicar o tempo que ele gasta para se desgastar. Ou seja, o tempo que a borracha daquele pneu vai levar para perder sua função. Mas, é claro, que esse número não é exato. Ele depende de diversos fatores como o estilo de direção de cada motorista, o solo que o carro mais anda e ainda os cuidados que cada pessoa tem com os pneus. No geral, quanto maior a classificação treadwear, maior a quilometragem rodada e, consequentemente, o tempo de desgaste.

É muito importante ressaltar que o índice treadwear só permite uma comparação entre pneus da mesma marca. Dessa forma é possível ter uma noção da quilometragem média do pneu. Em geral, o número varia de 60 a 620, tendo 100 como valor de referência. Quanto menor o número, mais rapidamente ele vai se gastar e menor será a vida útil do pneu.

2 – Mantenha a manutenção periódica e cuide dos seus pneus

Um dos principais fatores que interferem na quilometragem média do pneu e sua durabilidade é o cuidado que cada motorista mantém com os pneus.

Em primeiro lugar, uma pessoa que usa o carro para trabalho, como motoristas de aplicativos, por exemplo, tende a diminuir esse tempo. Isso porque é preciso andar muito além de vias expressas e muitas das vezes as condições das ruas e estradas não são de boa qualidade e/ou bem pavimentadas. Pneus para carros de passeio também tendem a durar mais do que de utilitários pelo peso do veículo. Além disso, se uma pessoa dirige fazendo movimentos bruscos, certamente desgasta mais os pneus.

Depois disso, existem algumas dicas para melhorar o tempo de vida útil do seu pneu como:

  • usar o pneu indicado pela montadora;
  • fazer a calibragem constantemente;
  • faça o rodízio – a forma correta e mais indicada é trocar os pneus dianteiros com os traseiros, respeitando os lados.

3 – Faça o balanceamento e alinhamento

As quatro rodas de um carro servem justamente para dar mais estabilidade. Quando, ao dirigir, você percebe que ele está “puxando” mais para um lado ou para o outro, assim como outros sinais de desequilíbrio, você deve fazer o alinhamento para não diminuir a duração e quilometragem média do pneu.

O desalinhamento é um processo natural causado pelas ruas. E para que os pneus não se desgastem rapidamente, o recomendado é que o trabalho seja realizado a cada 10 mil km rodados, pelo menos.

Já o principal indicador que o carro precisa de balanceamento é o trepidar do volante, principalmente em velocidades acima de 50 km/h. E, mesmo quando o carro não apresenta esse sinal, é indicado que o motorista faça uma revisão a cada 15 mil km.

Fonte: https://www.veluplast.com.br/quilometragem-media-do-pneu/

Tags: ,

About Author

Write a Reply or Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência no nosso site.

Envie uma mensagem!
Precisando de ajuda?
Olá!
Em que posso ajudá-lo?