Posted by webmaster Artigo

Uma ajudinha sobre a realização da limpeza interna do seu carro

Uma ajudinha sobre a realização da limpeza interna do seu carro

Quem não gosta de ver aquele carro limpinho, brilhando, com os pneus pretinhos? De fato, a ação de lavar a caranga valoriza, em muito, a estética… Mas, e por dentro? Muitos motoristas se esquecem de que o interior do veículo precisa ser mais limpo que o exterior, pois o habitáculo é a área de contato direto dos ocupantes, que ali respiram, sentam-se, manuseiam. Por isso, com a ajuda do Cesvi Brasil separamos, aqui, algumas dicas sobre a realização do procedimento para, até mesmo, valorizar o bem na hora da revenda. Confira.

O interior do automóvel reúne componentes (como revestimentos de bancos, plásticos, carpetes, entre outros), que podem ser contaminados por restos de alimentos, poeira, animais e tantos outros detritos capazes de causar mau cheiro e/ou provocar doenças respiratórias e até de pele. Sendo assim, a primeira dica é começar pela parte mais crítica: o carpete. Para a higienização, escolha um produto de limpeza específico para a área, além de uma boa escova, de cerdas macias.

Com os materiais em mãos, limpe e aplique um pouco de shampoo de limpeza em spray na superfície. Deixe-o agir por cerca de dez minutos. Depois, vá esfregando a escova devagar e sistematicamente, em movimentos circulares. Na sequência, enxágue o carpete com um pano molhado, umedecendo os locais ensaboados para absorver a espuma. Lembre-se de nunca jogar água (pois a umidade pode provocar o surgimento de mofo) e sempre deixá-los expostos ao sol após a limpeza.

Já para tapetes de borracha, a tarefa é mais simples, pois a limpeza pode ser feita com água, detergente neutro e uma escova para tirar a sujeira mais grossa. É necessário secar bem antes de recolocá-los no carro.

Na sequência, hora de aspirar todo o interior do veículo – inclusive o porta-malas. Atenção à região abaixo dos pedais e bancos a fim de recolher e descartar toda a sujeira, migalhas e lixo que restaram no assoalho.


Teto e estofados

Na hora de limpar o teto, em primeiro lugar remova o acúmulo de poeira com uma escova macia e um pano seco. Logo em seguida, é possível utilizar um pano e uma mistura de água, detergente neutro e desinfetante (borrifador) de cima para baixo na higienização. Nos estofados, a operação pode ser repetida, mas com cuidado! Pois a espuma retém a água com mais facilidade. Nos bancos de couro, evite produtos químicos para não causar manchas indesejáveis. A dica, aqui, é usar apenas pano úmido e detergente neutro com água.

No painel de instrumentos, a higienização deve ser feita com cuidado para que a água não penetre nos componentes elétricos. Procure realizar o procedimento munido apenas de um pano úmido com detergente. Em partes plásticas, caso seja de sua preferência, é possível passar silicone para dar brilho, mas evite áreas como volante e alavanca de câmbio, que podem ficar escorregadios e comprometer a dirigibilidade.

Os vidros podem guardar resíduos de gordura e suor na parte interna e sujeiras mais resistentes na parte externa. De olho nisso, a limpeza deve ser feita com produtos próprios – como limpador para vidros e um pano úmido. É recomendável realizar o procedimento, pelo menos, uma vez por semana.

Por fim, a secagem. É sempre bom lembrar que, dentro do automóvel, jamais deve-se utilizar água corrente para fazer a limpeza – isso evita infiltração nas partes de tecido ou espuma. Sobretudo, quando concluído todo o processo, é importante deixar o interior do carro secar (por cerca de duas horas), com as portas e janelas abertas, dentro da garagem ou sob sol brando, para evitar odores.

Fonte: Carsughi.uol.com.br

Tags:

About Author

Write a Reply or Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Envie uma mensagem!
Precisando de ajuda?
Olá!
Em que posso ajudá-lo?